Eu não disse?

julho 21, 2011 em Piadas Infames

Quando fiz aquele post sobre o Dia do Homem, eu comentei a história do urologista, que deve ser um sádico pior que dentista. Pois olha só o que a nobre colega de blog Patty me manda por email:
– Dr. meus testículos estão escuros….
O médico examina o local várias vezes e logo lhe dá o diagnóstico: 
– Olhe, tenho que cortar urgentemente o testículo, pois ele está com um princípio de gangrena. Se eu não fizer nada, você pode até morrer!!!!  
No mesmo dia o homem é operado. Depois de uns 15 dias, o sujeito volta ao médico:   
– Doutor, doutor!! Esta manhã, notei que o outro testículo também está azulado! 
Preocupado, o médico começa a examinar o paciente e lhe dá o mesmo diagnóstico. 
No dia seguinte, na sala de cirurgia, o segundo testículo é amputado. 
Duas semanas depois, à beira de um ataque de nervos, o paciente regressa ao consultório: 
– Doutor, doutor! Veja isto, agora é o meu pênis que está azulado. Não me diga que terei que cortá-lo também!! 
O doutor faz uma curta revisão, confirma o triste diagnóstico e submete o coitado a uma complicada cirurgia, na qual lhe amputa o pênis e em seu lugar coloca uma mangueirinha plástica transparente. 
Três semanas depois o homem regressa, abre a porta do consultório e grita: 
– Doutor, que merda está acontecendo??? O senhor sabe o que está azul agora? A mangueirinha de plástico!!! Será que tenho um grave problema sangüíneo? Que porra é essa?
O médico, após tentar acalmá-lo, faz um exame completo e aprofundado. 
Horas depois, com o resultado dos testes na mão e uma cara de alívio, anuncia: 
– Fique tranqüilo, meu amigo, pois trago boas notícias. Você terá vida longa! Desta vez fiz exames minuciosos e não tenho mais dúvidas: 
O JEANS QUE VOCE USA DESBOTA!
______________
Mas precisava cortar o pinto?
Compartilhe essa bagaça:
  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Tumblr
  • MySpace
  • Google Bookmarks
  • Print

E o Enem? Ah, o Enem…

novembro 9, 2010 em Vídeos Youtúbicos

Palhaçada sem tamanho. Os candidatos tiveram que se submeter à todo tipo de regra: não pode “celuleba”, mesmo desligado, não pode lápis, não pode borracha, não pode relógio, acho que não podia nem peidar na sala do exame. E como sempre, o Ministério da (Des) Educação não fez a parte dele. Fez a lição de casa mal e porcamente. Gabaritos errados, respostas puladas ou faltando, funcionários mal preparados, sem nenhum pingo de bom senso ou senso de humanidade. Olha só mais essa:

Dava tempo da menina entrar. A sádica da mulher ainda estava fechando o portão. Fez de propósito. Depois que você xinga o funcionalismo público o pessoal se revolta, mas tá aí a amostra. Pra que fazer uma coisa dessas?

Compartilhe essa bagaça:
  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Tumblr
  • MySpace
  • Google Bookmarks
  • Print