Simpatia para chamar dinheiro em 2011

dezembro 29, 2010 em Caqui Utilidade

O ano de 2010 está acabando, vamos começar 2011. Se voce está interessado em juntar dinheiro, bastante dinheiro nesse ano que se inicia, temos uma “simpatia“, que vem dos tempos antigos e foi transmitida de geração em geração até os dias de hoje. Voce vai precisar de:

1 – uma camisa toda suja e esfarrapada.

2 – uma calça toda fudida, e de preferência cagada.

3 – um par de sandálias havaianas todo baleado.

4 – um cachorro, daqueles bem magros, sarnento, morrendo de fome, amarrado em um barbante bem vagabundo.

5 – um pote de plástico, sem tampa.

Será que vai dar prá almoçar hoje?

Como Fazer?

Passe uma semana sem tomar banho, pentear o cabelo, fazer a barba e cortar as unhas. Vista a roupa. Calce as sandálias, amarre o cachorro em um barbante e saia de casa com o pote de plástico.

Procure uma esquina movimentada, sente-se na calçada, segurando o cachorro pelo barbante e, com a duas mãos, segure o pote de plástico estendido à sua frente. Você não vai ficar rico, mas um dinheirinho pode até pingar!

Compartilhe essa bagaça:
  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Tumblr
  • MySpace
  • Google Bookmarks
  • Print

Mendigo também é gente, mendigo também é gay

setembro 24, 2010 em Vídeos Youtúbicos

Lindo! Maravilhoso! Pra quem pensa que ser viado, boiola, padeiro novo queimador de rosca, gay é privilégio de emos, de gente instruída e da “família” Restart, taí a prova. E pelo jeito, a “esposa” parece ser “aquela” de blusão touquinha na cabeça. De toda maneira é o menor, né? Ou solta o “anel” ou toma porrada até enjoar.

Como dizia meu finado avô: “É o cu da cobra enrolado num pano”!

Compartilhe essa bagaça:
  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Tumblr
  • MySpace
  • Google Bookmarks
  • Print

Inegável lógica feminina

julho 19, 2010 em Piadas Infames

Uma mulher estava passando de carro por uma rua e ao parar no sinal de trânsito foi abordada por uma moradora de rua, muito suja e de péssimas aparência, que pediu a ela dinheiro para comprar comida.
A mulher pegou a carteira da bolsa, tirou R$ 50 e perguntou:  
– Se eu te der este dinheiro, você não vai sair com tuas amigas e gastar tudo?
– Que é isso, dona, eu não tenho amigas. Moro na rua.
– Você não vai sair aí pelas lojas gastando?
– Não, eu não entro em loja porque não deixam e gasto meu dinheiro só com comida.
– Você não vai usar para ir a um salão fazer cabelo e unhas?
– A senhora tá maluca? Faz uns vinte anos que não sei o que é salão.
– Bom – a mulher disse – Eu não vou te dar o dinheiro. Entre aqui no carro que eu vou te levar para jantar comigo e meu marido esta noite.
A mendiga ficou pasma.
– Mas teu marido não vai ficar furioso com você? Eu não tomo banho faz muito tempo, estou suja e fedorenta.
– Não faz mal. Entre aí. Quero que ele veja como fica uma mulher quando ela para de sair com amigas, fazer compras e ir ao salão.

Compartilhe essa bagaça:
  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Tumblr
  • MySpace
  • Google Bookmarks
  • Print