Irmãos

novembro 25, 2010 em Piadas Infames

Toda sexta-feira, às oito horas da noite, o cidadão entrava no bar e pedia três cervejas e três copos ao mesmo tempo. Tomava as três, uma a uma, enchendo cada copo com a sua garrafa, bebendo um gole de cada copo, pedia a conta, pagava, levantava e ia embora. Toda sexta-feira, toda semana.

Numa dessas o garçom se invocou e perguntou:

– Mas porquê o senhor toma todo dia três cervejas? Não que seja da minha conta, mas porquê não pede uma de cada vez?

E o freguês:

– Sabe o que acontece? É que eu tenho dois irmãos, e os dois moram muito longe daqui, e é difícil a gente manter contato. Então combinamos que, toda sexta-feira, cada um senta no seu bar preferido, como se tivesse acompanhado dos irmãos, pede três cervejas e bebe, como se estivessem todos juntos.

Essa é a foto da última reunião!

Um belo dia, o freguês chega e pede somente duas cervejas. O garçom estranha, mas depois daquela história deve ter pensado que um dos irmãos morreu, fazer o quê. Só que não se aguenta de curiosidade e vai lá novamente perguntar:

– Me desculpe novamente, mas o senhor tomava todo dia três cervejas. Porquê agora só duas? Foi algum irmão seu que faleceu? Eu sinto muito!

– Não, rapaz, continuamos juntos e unidos. Eu é que parei de beber!

Compartilhe essa bagaça:
  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Tumblr
  • MySpace
  • Google Bookmarks
  • Print