O que o Lula toma

junho 16, 2010 em Imagem do Dia

Se a Dilma ganhar a eleição, será que ela vai tomar providência, como o nosso presidente Lula Molusco se orgulha de dizer que sempre tomou?

Ah, vai, com certeza vai… muita providência… bastante providência…

Compartilhe essa bagaça:
  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Tumblr
  • MySpace
  • Google Bookmarks
  • Print

A África clamou

junho 15, 2010 em Imagem do Dia

Imagem jabulanicamente tirada da TV, Brasil x Coreia. By @araujodany

15:32h – Essa é pra quem não viu. Se está assistindo o jogo neste exato momento, preste atenção, pois você também pode ter o prazer de ver o “CALA BOCA GALVÃO” estampado na torcida, ganhando o mundo numa velocidade vuvuzelante. Rapidinho a faixa foi retirada, mas quem sabe ela dá o ar da graça na transmissão novamente?

__

Veja a repercussão desse movimento que começou no twitter e está confundindo os gringos:

The New York Times – Shut Up Galvão

El País – Cállate la boca, Galvão

Campanha – “Save Galvao Birds Campaign

Folha  –Faixa “Cala a boca, Galvão!” é retirada com menos de dois minutos de jogo

Compartilhe essa bagaça:
  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Tumblr
  • MySpace
  • Google Bookmarks
  • Print

Israel x Faixa de Gaza

junho 2, 2010 em Diário do Pereba

É interessante a polêmica criada em torno desse incidente envolvendo Israel e o comboio de suposta ajuda humanitária à Faixa de Gaza. Apesar de todo o “bafafá” que está sendo criado, das críticas que surgem de todo lado, essa história tem um lado simples que, se olhado de maneira racional, tem lógica. Vejamos:

1 – Israel é um estado soberano. A faixa de Gaza é território de Israel, portanto, não é um estado soberano.

2 – O comboio não pediu autorização a Israel para levar a suposta ajuda humanitária. Não informou quem estava a bordo, nem a relação dos recursos a serem distribuídos. Agiu como os sem-terra do Brasil, ou seja, “vamu lá, dá nada, não”.

3 – Acusam o exército de Israel de atacar o comboio em águas internacionais. Ora, qualquer radar detecta se um navio, ou vários navios, estão tangenciando a costa ou estão embicando em sua direção. Quanto mais longe da costa se fizer a abordagem, melhor, prá todo mundo.

4 – Quando da abordagem dos navios, alguma coisa aconteceu. É certeza que houve reação. Os soldados israelenses não iriam matar nove pessoas sem motivo. Se alguém morreu, é porque havia algo duvidoso no negócio. Talvez, algum ativista tenha soltado uma bombinha no pé de um soldado, só para insultar, e aí a coisa pegou. Soldado não é treinado para matar sem motivo.

Não sou a favor de israelenses, nem de palestinos. Se esse povo tivesse vergonha na cara, estariam vivendo tranquilamente em paz, como é no Brasil. Infelizmente sustentam essa briga sem nenhum motivo justificável, a meu ver. Mas uma ONG inventar de invadir o quintal dos outros, sem pedir licença, e achar que não vai tomar porrada? Isso só acontece no Brasil do Movimento dos Sem Terra.

Compartilhe essa bagaça:
  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Tumblr
  • MySpace
  • Google Bookmarks
  • Print

Collor, melhor que Lula?

maio 27, 2010 em Na Geral

24 (ui) motivos comprovam porque Collor foi melhor que Lula

1 – Tinha uma cunhada gostosa;
2 – Falava Português;
3 – Falava Inglês e Francês também;
4 – Tinha 10 dedos nas mãos; 
5 – Bebia Whisky, e não cachaça 51;

Molusco com cara de lango-lango e sim, essa é uma imagem “lulamente” ilustrativa

6 – Não tomava porre;
7 – Não tinha a aparência de um sapo barbudo;
8 – Era esportista, não sindicalista;
9 – Sabia a diferença entre “tatame” e “tapume”;
10 – A primeira dama “dava pro gasto”; 
11 – Não era petista;
12 – Sabia assinar o nome;
13 – Exercia a presidência;
14 – Já trabalhara algum dia na vida;
15 – “Cheirava” bem;
16 – Pronunciava “sim” sem cuspir; 
17 – Não tinha voz de bêbado;
18 – Sabia falar de improviso sem dizer besteira e cometer gafes;
19 – Não era corinthiano;
20 – Não se dizia dono da ética; 
21 – Mentia sem subestimar nossa inteligência;
22 – A mãe também nasceu analfabeta e desdentada, como todas, mas ele não se gabava disso;
23 – Foi amamentado com leite de vaca, não com leite de magnésia;
24 – Não completou o mandato! 

Collor estava indo bem até o item 23. No 24 ele ficou bravinho...

— 

Uma coisa não é certa: não dá para saber qual dos dois foi (ou está sendo) pior. Nenhum dos dois presta, ou se um não presta o outro não vale nada. É o tal lance da bosta x merda: uma batalha árdua… e fédida, claro.
Compartilhe essa bagaça:
  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Tumblr
  • MySpace
  • Google Bookmarks
  • Print

China’s feelings #3

maio 20, 2010 em Imagem do Dia

Olá, amigos sacoleiros. A série China’s feelings continua. Cada muamba…

Cara de pau! O slogan ficou intacto mas a marca... quanta diferença.

Quem são os Spidar-Men???

My name is Bsos... Huan Bsos.

Quem perdeu os episódios anteriores: China’s feelings e China’s feelings #2.

Compartilhe essa bagaça:
  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Tumblr
  • MySpace
  • Google Bookmarks
  • Print

China’s feelings #2

abril 20, 2010 em Imagem do Dia

Seguindo a trilha do primeiro post  China’s feelings, tem mais muamba aqui na nossa ponte da amizade!

SU-CES-SO nas paradas gays!

Só falta pintar as quatro (quatro?) listras da Abibas com as cores do arco-íris.

Ainda nos clones da Adidas, encontre o erro. Se não pegou, eu ajudo.

O vendedor pode dar a desculpa de que esse logotipo do Converse não coube no tênis pequeno.

Compartilhe essa bagaça:
  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Tumblr
  • MySpace
  • Google Bookmarks
  • Print

China’s feelings

abril 18, 2010 em Imagem do Dia

Porque todo mundo tem direito a ter produtos das marcas mais iradas do mundo!

Já pensou você pedir um Wii e sua tia voltar do Paraguai com um Wü?

Essa deveria ser uma marca famosa na Varca. LGG a calça Lee dos gordinhos

Compartilhe essa bagaça:
  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Tumblr
  • MySpace
  • Google Bookmarks
  • Print