Dia das crianças

outubro 12, 2011 em Na Geral

Esperem eu crescer, cambada


Hoje é o dia! Dia das crianças! Que lindo! Hoje é dia de homenagear aquelas coisinhas fofinhas, lindinhas, bonitinhas, que se tornarão os filhos-da-puta de amanhã!

Compartilhe essa bagaça:
  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Tumblr
  • MySpace
  • Google Bookmarks
  • Print

Dia do contador

setembro 22, 2011 em Na Geral

22 de setembro. Hoje é o dia do contador. E como não poderia deixar de ser, aproveitamos para prestar nossa homenagem a essa classe digna e trabalhadora, mas apesar de tudo muito desvalorizada e desprestigiada, sendo considerada culpada por todas as multas que o fisco aplica aos comerciantes e industriais desse imenso Brasil e responsabilizada pelas falcatruas que esse mesmo povo apronta. Parabéns, e continuamos na luta.

Essas contas não fecham!

ORAÇÃO  DO CONTADOR

Sistema Contábil que estais no computador,

carregado seja o vosso programa.

Venha a nós o vosso balancete.

Seja gerada a ficha de lançamento,

assim no diário como no razão.

A contrapartida nossa de cada dia nos dai hoje.

Perdoais os nossos estornos,

assim como nós perdoamos quando há diferenças.

Não nos deixais cair em auditoria,

e livrai-nos da fiscalização.

Amém!

Compartilhe essa bagaça:
  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Tumblr
  • MySpace
  • Google Bookmarks
  • Print

É hoje que muito neguinho entorta o caneco

setembro 13, 2011 em Notícias Comentadas

13 de Setembro: Dia Nacional da Cachaça

Já nos tempos coloniais, a cachaça representava uma importante atividade econômica no Brasil, levando a redução do consumo da bagaceira importada de Portugal. Preocupados com o sucesso da aguardente, os portugueses, através de uma Carta Real de 13 de setembro de 1649, proibiram a fabricação e a venda da cachaça em todo o território brasileiro. Os proprietários de cana-de-açúcar e alambiques, indignados com as constantes cobranças de impostos aos longo dos anos e perseguidos por vender a bebida, se revoltam no dia 13 de setembro de 1661 e tomam o poder no Rio de Janeiro por cinco meses resultando em um dos primeiros movimentos de insurreição nacional, a Revolta da Cachaça.

Vai liberá a marvada ou qué apanhá mais?

Com o poder restituído, o movimento é repreendido com violência e o seu líder, Jerônimo Barbalho Bezerra, é enforcado e decapitado, tendo sua cabeça pendurada no pelourinho da cidade, como exemplo à população fluminense. Hoje, todo o dia 13 de setembro se comemora o “Dia Nacional da Cachaça” como uma forma de relembrarmos os tempos de um Brasil colonial, quando a cachaça era símbolo de resistência contra a dominação portuguesa.

Os americanos fizeram a Revolta do Chá! Nesse ponto somos mais machos que eles

__________

Dica da Andrezza Macena, dos milongueiros natos, e pesquisa no mapadacachaca

Compartilhe essa bagaça:
  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Tumblr
  • MySpace
  • Google Bookmarks
  • Print

Carta a um pai

setembro 7, 2011 em Piadas Infames

Eu tinha pensado em postar alguma coisa sobre a Independência do Brasil, mas todo ano todo mundo faz isso, até o Governo Federal promove parada militar para comemorar a data. No dia sete de setembro a gente comemora a Independência do Brasil. No dia vinte e cinco de dezembro a gente celebra o nascimento de Jesus Cristo. Aí, dia trinta e um de dezembro comemoramos o Ano Novo. Depois do Carnaval, a gente aproveita a Semana Santa e mata Jesus Cristo, sem esquecer de malhar o Judas três dias depois. Em setembro, novamente comemoramos a Independência do Brasil, para novamente em dezembro celebrarmos o nascimento de Jesus Cristo, para em trinta e um de dezembro comemorarmos o ano novo, para que depois do próximo Carnaval Jesus Cristo morra novamente, num ciclo eterno, mantendo uma rotina besta, sem nenhum sentido plausível. A única vantagem nessa história é que sempre é feriado. Por isso, hoje teremos uma coisa diferente, que, de certa maneira, também lembra independência.

Aí pai, as aparências enganam, ui!

O pai entra no quarto do filho e vê um papel sobre a cama.
Ele vai até lá, já temendo o pior, e começa a ler:
“Caro papai. É com grande pesar que lhe informo que estou fugindo com meu novo namorado, o Juan. Estou apaixonado por ele. É muito gato, com todos aqueles piercings (apesar de não ser um alemão adorador dessas coisas), tatuagens e aquela super moto BMW que eu a-do-ro! Mas não é só por isso. Descobri, finalmente, que não gosto de mulheres de jeito nenhum, e como sei que o senhor nunca vai consentir com nossa relação, resolvemos fugir e ser felizes vivendo num “trailer”. Juan quer adotar filhos comigo, e sempre foi o que eu quis para mim. Ele acha que eu, nossos filhos adotivos e seus amigos “gays” podemos viver em perfeita harmonia. Não se preocupe papai, eu já sei me cuidar. Apesar dos meus 15 anos já tive várias experiências com outros caras e tenho certeza que Juan é o homem da minha vida. Um dia eu volto, para que o senhor e a mamãe conheçam os nossos filhos. Um grande abraço, e até algum dia. “De seu filho, com amor.”

O pai, já quase desmaiando, continua lendo:

PS: Pai, não se assuste. É tudo mentira. Estou na casa da Mariana, nossa vizinha. Só queria mostrar pro senhor que existem coisas muito piores que as notas vermelhas do meu boletim que está na primeira gaveta do seu armário. Abraços, pai. “Seu filhão. Burro, mas macho!”


Compartilhe essa bagaça:
  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Tumblr
  • MySpace
  • Google Bookmarks
  • Print

Hoje é dia de festa!

agosto 14, 2011 em Diário do Pereba

Hoje é dia de festa. Dia de homenagear aquele que te encheu de cascudos e te cobriu no pau quando voce era criança, que vivia reclamando da demora quando voce entrava no banheiro prá tomar banho com uma revista de mulher pelada debaixo do braço, que vivia querendo pegar o namoradinho da sua irmã na porrada, que fez suas vontades, que pagou (e ainda paga até hoje) suas despesas, que te empresta dinheiro a fundo perdido, ou seja, empresta já sabendo que nunca vai receber, que aguenta seu mau humor e seus porres, aquele que é seu melhor amigo e companheiro. Enfim, o cara mais maravilhoso do mundo: seu PAI! Pensando nisso, estou postando uma receita fácil que voce mesmo pode fazer e saborear junto com o velho, ao lado de um freezer cheio de cerveja gelada, prá passar o dia, jogando conversa fora.

CHIFELETTI DE BATATAS Ingredientes (6 pessoas):

  • 1 kg de batatas
  • 250g de farinha
  • 2 ovos
  • manteiga
  • óleo para fritar
  • sal e pimenta do reino
  •  

    Modo de preparo:Cozinhar as batatas com casca em água inicialmente fria e salgada. Escorrer, descascar ainda quentes e passar no espremedor, de modo a obter um purê que deve cair sobre uma tábua previamente coberta com a farinha.
    Juntar os ovos, uma colher pequena de manteiga, uma pitada de sal e outra de pimenta do reino. Trabalhar este composto com as mãos até que fique homogêneo.
    Abrir a massa obtida com um pau de macarrão sobre uma superfície com farinha, para que não grude. Cortar em discos de cerca de 4cm de diâmetro. Dobrar os discos formando meia-luas.
    Fritar a massa em uma frigideira grande com bastante óleo quente.
    Secar o excesso de óleo e servir bem quentes.      

    Ah, e para evitar brigas e ciumeiras desnecessárias, compra uma Coca e chama a sua mãe prá comer também, tadinha! Se bobear é ela que vai ter que fazer a receita…

    _______________

    Uma homenagem ao “Sêo” Emílio Rodrigues Lião. A benção, pai!

    Compartilhe essa bagaça:
    • Facebook
    • Twitter
    • LinkedIn
    • Tumblr
    • MySpace
    • Google Bookmarks
    • Print

    Dia do agricultor

    julho 28, 2011 em Na Geral

    Eita lua danada!

    Hoje é o dia do agricultor. O sujeito que depende do sol, da chuva e, principalmente do banco. O sujeito que vive tão enrolado com financiamentos, que se entrar no banco com a mulher e chamá-la de meu bem, o banco toma prá amortizar a dívida.

    Compartilhe essa bagaça:
    • Facebook
    • Twitter
    • LinkedIn
    • Tumblr
    • MySpace
    • Google Bookmarks
    • Print

    E não é que já existe?

    julho 15, 2011 em Na Geral

     

    Tem treta nesse negócio

     Há dias postei um manifesto para a criação do Dia do Homem. É não é que já existe esta data tão significativa para a humanidade? Dia 15 de julho. Deveria ser feriado nacional, afinal, nós, os homens, carregamos a mulher, os filhos, as dívidas, as amantes e eventuais pensões alimentícias nas costas, além de ter que reservar dinheiro para se defender de ações de reconhecimento de paternidade. Tudo com o suor (e bota suor nisso), do nosso rosto. Entretanto, a intenção não é comemorar nada. Nada de presentes, abraços, elogios, parabéns ou bobagens desse tipo. O objetivo é que nos enfiemos no consultório de um cardiologista, neurologista, oncologista, psicanalista, proctologista, e, desgraça das desgraças, no de um urologista para o maldito exame de próstata, como se não tivéssemos mais nada a fazer na vida, ou como se nosso plano de saúde fosse de uso ilimitado. Ou seja, é um dia criado com intenções capciosas, a fim de nos sacanear, com a desculpa de comemoração. Prefiro que não se comemore nada. No dia de hoje, aproveitando que caiu numa sexta-feira, o melhor e mais justo é que possamos possamos degustar a nossa cerveja gelada e comer nossa porção de calabresa acebolada em paz, sem nenhum tipo de aporrinhação. Sem contar que o dinheiro da despesa sai do nosso bolso. Amém.

    Compartilhe essa bagaça:
    • Facebook
    • Twitter
    • LinkedIn
    • Tumblr
    • MySpace
    • Google Bookmarks
    • Print

    Porquê não?

    junho 29, 2011 em Na Geral

    Aqui dentro de casa, nem pensar!

    Por sugestão de um amigo, estou iniciando uma campanha mundial (?), para a criação do Dia Internacional do Homem.
    Já existe Dia Internacional da Mulher, o Dia do cachorro, o Dia Nacional do Orgulho Gay, o Dia do Contabilista, até o Dia do Contador de Piadas!
    Portanto, porquê não o Dia Internacional do Homem?
    Algumas razões para a criação de mais essa data magna para a humanidade:
    1) Quem se veste como pingüim no dia do matrimônio?
    R: O humilde homem!
    2) Quem é que, apesar do cansaço e do stress, jamais poderá fingir um orgasmo?
    R: O sincero homem!
    3) Quem é o encarregado de matar as baratas da casa?
    R: O valente homem!
    4) Quem é que toma banho e se veste em menos de vinte minutos?
    R: O ágil homem!
    5) Quem é que tem de gastar consideráveis somas em dinheiro comprando presentes para o dia das mães, da esposa, da secretária e outras festas tolas inventadas pelo homem para satisfazer à(s) mulher(es)?
    R: O dadivoso homem!
    6) Quem jamais conta uma mentira, mas apenas versões?
    R: O ético homem!
    7) Quem é obrigado a ver a mulher com os rolinhos nos cabelos e cara cheia de cremes, etc, etc e etc?
    R: O compreensivo homem!
    E ainda há mais:
    * A tortura de ter que usar terno no verão..
    * O suplício de fazer a barba todo dia.
    * O desespero de uma cueca apertada.
    * Viver sob o permanente risco de ter que entrar numa briga.
    * Pilotar a churrasqueira nos fins de semana enquanto as mulheres se divertem.
    * Ter sempre que resolver os problemas do carro.
    * Ter a obrigação de ser um atleta sexual.
    * Ter que notar a roupa nova dela.
    * Ter que notar que ela mudou de perfume.
    * Ter que notar que ela trocou a tintura do cabelo de Imédia 713 para 731 Louro Bege Salmon Plus Up Light Forever.
    * Ter que notar que ela cortou o cabelo, mesmo que seja somente um centímetro.
    * Ter que jamais reparar que ela tem um pouco de… celulite.
    * Ter que jamais dizer que ela engordou, mesmo que isto seja a pura verdade e que ela parece uma baleia, uma orca ou um bicho em extinção.
    * Trabalhar pra cacete em prol de uma família que reclama que você trabalha pra cacete e não lhes dá atenção!
    E depois as mulheres ainda acham que é fácil ser homem, só porque nós não menstruamos… Caso fosse assim, aí nós seríamos até santificados!

    É por tudo isso que estou lançando a campanha para  criação do Dia Internacional do Homem, a ser comemorado no dia 1º de Novembro, que é justamente o Dia de Todos os Santos!

    ______________

    Com a palavra o Congresso Nacional.
     

    Compartilhe essa bagaça:
    • Facebook
    • Twitter
    • LinkedIn
    • Tumblr
    • MySpace
    • Google Bookmarks
    • Print

    Homenagem

    junho 13, 2011 em Na Geral

    Hoje, 13 de junho, é o Dia do Padeiro. Nossa homenagem a voce, que fica nas esquinas brincando de padeiro novo, queimando a rosca, ou então por aí, preparando a massa. Amassa, amassa e amassa, prá deixar que outro coma. Parabéns e felicidades.

    Já está bem amassada. Quem vai comer?

    Compartilhe essa bagaça:
    • Facebook
    • Twitter
    • LinkedIn
    • Tumblr
    • MySpace
    • Google Bookmarks
    • Print

    Dia dos Namorados

    junho 11, 2011 em Vídeos Youtúbicos

    Que dia bonito, que dia tão feliz! Ah, como o amor é lindo, belo, maravilhoso. O coitado vai se estrepar até o fim do ano que vem no cartão de crédito só pra comprar o presente para sua amada, que finge gostar da bagaça, depois soca ele no fundo de uma gaveta e esquece aquela coisa brega, sem noção, que o futuro corno inventou de comprar. E ele vai se afundar mais ainda pagando o jantar, o passeio, essas coisas todas que a mulherada finge que gosta, só pra sorrir e se deliciar vendo o otário – que ela chama de “mô” (ai, mô, não precisa, ai mô, ce tá gastando demais, ai mô, pra que tudo isso?) – torrar o dinheiro que ganhou com tanto esforço.

    Pensando nisso, a Banda Balaio de Gato resolveu fazer uma homenagem a este dia tão significativo na vida de muitos casais. Neste dia em que se decidem noivados, casamentos, amigações, e por aí vai. Nada melhor que essa visão romântica do namoro, que é como um poço sem fundo. O cara sabe que vai se arrebentar, mas pula do mesmo jeito.

    _____
    Mas tudo tem solução. Se o namoro não der certo e você tomar um pé na bunda, se junte com outro na mesma situação e monte uma dupla sertaneja. Pelo menos você tem a chance de recuperar o dinheiro gasto com aquela vadia.

    Compartilhe essa bagaça:
    • Facebook
    • Twitter
    • LinkedIn
    • Tumblr
    • MySpace
    • Google Bookmarks
    • Print