Entrevistador x Candidato

abril 27, 2010 em Na Geral

Você que está a procura de uma nova oportunidade de trabalho ou você que é um universitário vagabundo à procura de um estágio, preste atenção a estas respostas perspicazes dadas por supostos candidatos a emprego. Ah, notem também nossos comentários clássicos.

Nem todo mundo tem esse potencial...

Entrevistador – Como você se definiria em termos de flexibilidade?
Candidato – Ah, eu faço academia. Sou capaz de encostar o cotovelo na nuca.

(eu consigo encostar o cotovelo direito na orelha esquerda mas isso nunca me garantiu uma vaga)

.

Entrevistador – Como você se sente trabalhando em equipe?
Candidato – Bom, desde que não tenha gente dando palpite, me sinto muito bem.

(e desque ele sempre tenha razão, também não há problemas)

.

Entrevistador – Manter sempre o foco é muito importante. E me parece que você tem alguns lapsos de concentração.
Candidato – O senhor poderia repetir a pergunta?

(só pra ter certeza, né?)

.

Entrevistador – Então, você está construindo um networking?
Candidato – Veja bem, eu não sou engenheiro, sou administrador.

(networking é coisa de analista de sistemas, pô)

.

Entrevistador – Nós somos uma empresa que nunca pára de perseguir objetivos.
Candidato – Que ótimo. E já conseguiram prender algum?

(rá)

.

Entrevistador – Vejo que você demonstra uma tendência para discordar.
Candidato – Muito pelo contrário.

(não concordo com nenhum dos dois)

.

Entrevistador – Em sua opinião, quais seriam os atributos de um bom líder?
Candidato – Ah, são várias coisas. Mas a principal é ter liderança.

(essa eu concordo em gênero, número e grau de miopia)

.

Entrevistador – Noto que você não mencionou a sua idade aqui no currículo.
Candidato – É que eu uso óculos, e isso me faz parecer mais velho.
Entrevistador – E qual é a sua idade?
Candidato – Com óculos ou sem óculos?

(candidato engraçadinho, não?)

.

Entrevistador – Quais seriam seus pontos fracos?
Candidato – Ah, é o joelho. Até tive de parar de jogar futebol.

(se eu fosse o entrevistador já dava um belo chute no joelho do cara, só pra constatar a veracidade)

.

Entrevistador – Por que, dentre tantos candidatos, nós deveríamos contratá-lo?
Candidato – Eu pensei que responder a isto fosse seu trabalho.

(essa, tenho que concordar com o candidato, ha ha ha)

.

Entrevistador – Como você pode contribuir para melhorar nosso ambiente de trabalho?
Candidato – Bem, eu começaria trocando a recepcionista, que é muito feia.

(na boa, recepcionista feia é o “ó”, niguém merece)

.

Entrevistador – Várias pessoas que se sentaram aí nessa mesma cadeira hoje são gerentes.
Candidato – Puxa, o fabricante da cadeira vai ficar muito feliz em saber disso.

(putz! pensei que fosse uma cadeira mágica)

.

Entrevistador – Quando digo ‘Sucesso’, qual a primeira palavra que lhe vem à mente?
Candidato – Pode ser duas palavras?
Entrevistador – Pode.
Candidato – Milho. Nário.

(pelo menos ele não disso “TE AMO”, como já aconteceu no passado com um colega)

Dica do amigo Diego Pereira.

Compartilhe essa bagaça:
  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Tumblr
  • MySpace
  • Google Bookmarks
  • Print