Super poderes, raposa assada e o mulambo trifodex

maio 23, 2013 em Diário do Roger

Já dizia um sábio amigo meu: trabalhar em um sábado é coisa de nego fodido! E trabalhar no domingo então? E virar de domingo pra segunda-feira, sem ao menos assistir ao Domingão do Faustão? Isso é coisa de “trifodido”. É o “mulambo trifodex”!

Mas não basta ficar sem assistir as maravilhosas video-cassetadas que já foram vistas 2.000 vezes cada. Ainda tive aquela baita dor de barriga, com peidos cheirando à raposa assada. Me lembro como se fosse ontem (na verdade foi há 3 dias). Noite. Cagada. Trânsito. Sono. Comando da Polícia Militar. Tudo isso misturado a uma vontade avassaladora de cagar. Peguei a Dutra e dirigi à 160  km/h absolutamente dentro dos limites de velocidade. Há menos de 2 minutos da minha casa, me preparando psicologicamente para evacuar em poucos minutos, me deparo com aquilo que qualquer cú em estado de evacuação motorista bêbado  mais teme: um comando da Polícia Militar. Não com 1 viatura, nem 2, mas 3 viaturas e 6 policiais, todos preparados para impedir que eu cometesse a simples infração de “dar um cagão”

Cagar é uma diversão

Final feliz…

É claro que eu não havia bebido pois estava trabalhando (sou um fodido, lembrem-se). Minha preocupação era outra: já havia preparado todo o meu organismo para evacuar em 2 minutos. Seria uma merda, literalmente, ser parado pela polícia. Eu estava cagando literalmente de medo. Chegando próximo ao comando, vi um policial caminhar em minha direção, com uma das mãos levantadas, sinalizando para que eu parasse. Neste momento, minha vida passou pelos meus olhos: lembrei da minha infância, das vezes que mijei na cama incluindo a do ano passado, pensei nas pessoas que votaram no Lula, pensei em quanto custaria pra trocar o estofamento do carro, quanto uma Panicat cobraria por um programa, etc. Enquanto eu divagava sobre tudo isso, o policial, que acredito firmemente que possuía poderes psíquicos, leu a minha mente (ou o meu olhar) e percebeu o meu desespero. Mais que rapidamente ele sinalizou para que eu continuasse. Um bom homem esse policial. Enfim, cheguei em casa em tempo hábil, corri para o banheiro e, finalmente… peidei. Sim, isso mesmo caros amiguinhos: peidei! Frustrante não? E lá estava eu, triste por ter sido enganado por meu próprio corpo, quando uma súbita e arrebatadora vontade de cagar surgiu, mais rápido que Testemunha de Jeová no portão da sua casa, e aí sim, uma bela obra de arte, mais parecida com um braço, foi criada. Enfim, uma história com final feliz! 🙂

Compartilhe essa bagaça:
  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Tumblr
  • MySpace
  • Google Bookmarks
  • Print

É a fé! É a fé!

outubro 9, 2011 em Vídeos Youtúbicos

Se aquele buraco fosse uns quatro metros mais fundo, ela certamente teria “encontrado o Senhor“…

“Tô aqui, mãe, tô aqui!”

Compartilhe essa bagaça:
  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Tumblr
  • MySpace
  • Google Bookmarks
  • Print

Merda só faz quem sabe

setembro 22, 2011 em Vídeos Youtúbicos

Os caras em vez de acabar de concretar o meio fio da estrada, que já estva até com a caixaria pronta, era só encher, resolvem brincar. É emocionante. Como diz o ditado: a diferença entre o homem e o menino é só o preço dos brinquedos. A conta do hospital deve ter ficado cara…

http://www.youtube.com/watch?v=TmQLLh-nwwE

Compartilhe essa bagaça:
  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Tumblr
  • MySpace
  • Google Bookmarks
  • Print

É por isso que eu não gosto de surpresas…

agosto 28, 2011 em Vídeos Youtúbicos

Esse negócio de surpresa é muito triste. Acompanhem o vídeo e vejam se eu não tenho razão. Se o sujeito, ao invés de ficar tentanto impressionar a “moça” fazendo tudo quando é nojeira que passou pela cabeça, tivesse trocado umas ideias não teria caído nessa. E se a “menina” trancou a porta e jogou a chave pela janela? E se, além da “arma” que ela carrega, estiver com um revólver ou um canivete escondido? Eu, hein? Tô fora! 

Compartilhe essa bagaça:
  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Tumblr
  • MySpace
  • Google Bookmarks
  • Print

Vale a pena ver (de novo?)

julho 24, 2011 em Diário do Pereba

Quem sabe, no futuro pode até virar uma categoria no blog. Vai depender de eu ter ou não saco prá ficar procurando essas coisas. Por enquanto, vai o primeiro. É antigo, mas continua atual e é de rolar de rir. Sem contar que eu, pessoalmente, fiz a cagada de casar duas vezes na vida. Credo em Cruz! Se arrependimento matasse (ou desse dinheiro, nunca se pensou nessa hipótese)…


______
Presta bastante atenção no vídeo Patty.

Compartilhe essa bagaça:
  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Tumblr
  • MySpace
  • Google Bookmarks
  • Print

Quase…

junho 8, 2011 em Vídeos Youtúbicos

Olha só a cagada que ia dando. Mas acabou funcionando, e eu sei o porquê. O que estabilizou o paraquedas, parapente, paralelepípedo (sei lá o nome desse treco), foi o peso extra no fundo da cueca quando o caboclo viu a viola em caco e se cagou todo.

_______

Pesquei no Bobagento.

Compartilhe essa bagaça:
  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Tumblr
  • MySpace
  • Google Bookmarks
  • Print

Que Japão, que nada! O nosso é melhor!

abril 19, 2011 em Vídeos Youtúbicos

Todo mundo preocupado com o Tsunami do Japão. Que nada, nós também temos o nosso e conseguimos fazer um melhor que o dos japoneses. Tecnologia é isso, e só o Brasil tem. Quem disse que não somos primeiro mundo? Lá em Niterói, no Rio de Janeiro, deram conta de provocar um Tsunami. Tsunami caprichado, feito de encomenda, com bastante merda (ou bosta, se preferirem). Literalmente fizeram uma cagada. Deixaram estourar uma estação de tratamento de esgoto, que inundou um bairro da cidade.

Mas que trapalhada é essa? Em que porra de lugar construíram essa estação? Quem estava tomando conta? Depois que dizem que esse país é uma esculhambação total, neguinho acha ruim. O vídeo conta tudo. E, apesar dos estragos, a história é de matar de rir. Eu, pelo menos, tô rindo sozinho desde ontem à noite, quando vi a notícia. Seria trágico, se não fosse cômico. Quiáquiáquiáquiá!

Compartilhe essa bagaça:
  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Tumblr
  • MySpace
  • Google Bookmarks
  • Print

Ninguém percebeu

abril 19, 2011 em Joguets de Internets

Esse povinho que vive vasculhando os textos, que não entende as piadas, que vive procurando nas entrelinhas um jeito de sacanear e encher o saco do pobre diabo que posta conscienciosamente neste blog não percebeu. Pereba escreveu um título errado, pela primeira vez na vida. Alguém conhece o “Jogo mais difícil do mudo“? No Caqui tem. Tá lá nos Joguets de Internets. Uai, todo mundo sabe o que o jogo mais difícil do mudo é tentar falar, o coitado nem começa a primeira fase, é impossível. É… vai ser necessário contratar um revisor. Conversei com o Gabriel Lião, prá ver se ele assume o cargo, mas o filho ingrato pulou fora. Somente perguntou:

– Pai, o que o pai tem mais que o filho?

– …

– Tem mais é que se foder mesmo! Se vira, vai aprender a escrever direito, véio!

Ah, moleque do caralho!

Compartilhe essa bagaça:
  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Tumblr
  • MySpace
  • Google Bookmarks
  • Print

Decididamente, mulher e webcam também não combinam

abril 4, 2011 em Vídeos Youtúbicos

Continuando a nossa incrível série, olha só essa maluca sem noção. Tá lá cheia de fogo, doida, se exibindo na webcam sabe-se lá pra qual candidato a corno. Tá tão concentrada que não percebe a cortina caindo. Enquanto isso, os jardineiros aproveitam para tirar uns minutos de descanso e também pra analisar o material.

Compartilhe essa bagaça:
  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Tumblr
  • MySpace
  • Google Bookmarks
  • Print

Atleta olímpico

fevereiro 5, 2011 em Na Geral

O moleque tava treinando “arremesso de fralda cheia“…

Será que alcanço o índice olímpico?

2016 tá chegando. Vamo treiná, gente!

Compartilhe essa bagaça:
  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Tumblr
  • MySpace
  • Google Bookmarks
  • Print