Razão para viver

agosto 7, 2011 em Piadas Infames

 

Me dei bem.

Um Corinthiano, depois de se cansar de torcer para um  time que apesar de mais de 100 anos de história não consegue ganhar a Taça Libertadores, perdeu a paciência e o amor próprio, saiu brigando com todo mundo que encontrou pelo caminho. Foi demitido do emprego, abandonado pela esposa e os filhos, perdeu carro, casa, amigos, tudo. Por fim, sem mais nada na vida, resolveu se suicidar. Estava prestes a se jogar de um viaduto quando um mendigo pergunta:
– O senhor vai se matar?
– Vou, e nem pense em me impedir.
– Não, longe disso, cada um sabe da sua vida… Mas já que o senhor vai se matar, não se importaria em dar suas roupas pra mim? Eu ando precisando…
O sujeito concordou e se despiu por completo.
O mendigo, olhando para o corpo nu do sujeito, pergunta:
– Olha, o senhor tem uma bundinha ajeitada, aparentemente muito gostosa. Já que vai se matar e ninguém vai saber, deixa eu comer?
Sem mais nada a perder, o sujeito concorda e dá a bunda pro mendigo.
Depois do ato de viadagem consumado, diz para o mendigo:
– Agora poderia devolver minhas roupas, menos a camisa do Corinthians?
– Mas o senhor não ia se matar? Pergunta, espantado, o mendigo.
– Mudei de idéia… Descobri uma nova razão para viver, agora virei Sãopaulino!

Compartilhe essa bagaça:
  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Tumblr
  • MySpace
  • Google Bookmarks
  • Print

Mais uma do moleque

agosto 4, 2011 em Piadas Infames

Joãozinho de novo – Inédita e ótima!

– Joãozinho estava brincando no playground da escola, quando viu o carro do seu pai passando em direção ao mato atrás da escola… seguiu o carro e viu seu pai e tia Jane, se abraçando apaixonadamente!!! Joãzinho achou isso tão excitante, que não se conteve e correu pra casa para contar pra sua mãe o que tinha visto …
– Mamãe, mamãe, eu estava no playground da escola, quando vi o carro do papai indo pro mato com a tia Jane dentro… Eu fui atrás pra ver e ele tava dando o maior beijo na tia Jane….depois ele a ajudou a tirar sua blusa… aí a tia Jane ajudou o papai a tirar suas calças e depois a tia Jane….’
Nesse ponto a mamãe o interrompeu e disse:
– Joãozinho, essa é uma estória tão interessante, que tal você guardar o resto dela pra hora do jantar?…. eu quero ver a cara do seu pai, quando você contar tudo isso hoje à noite!’
Na hora do jantar, a mamãe pediu ao Joãozinho pra contar sua estória… Joãozinho então começa:
– ‘Eu tava brincando no playground da escola, quando vi o carro do papai indo pro mato com a tia Jane dentro… aí, fui correndo atrás pra ver e ele tava dando o maior beijo na tia Jane…aí ele a ajudou a tirar sua blusa… aí a tia Jane ajudou o papai a tirar suas calcas e depois a tia Jane e o papai começaram a fazer as mesmas coisas que a mamãe e o tio Bill faziam, quando o papai estava no exército …’
Nesse ponto a mamãe desmaiou!

_________________________
Moral da estória: dê atenção a quem estiver falando com voce e escute tudo até o final, antes de tirar sua próprias conclusões!

Compartilhe essa bagaça:
  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Tumblr
  • MySpace
  • Google Bookmarks
  • Print

O poder do beijo

julho 29, 2011 em Piadas Infames

Vinha pela estrada uma caravana de motociclistas fortes, bigodudos em suas poderosas motos, quando de repente eles vêem uma garota a ponto de saltar de uma ponte sobre um rio.
Eles param e o líder deles particularmente corpulento e de aspecto rude, salta, se dirige a ela e pergunta:
– Que diabos você está fazendo?
– Vou me suicidar – responde suavemente a delicada garota com a voz cadenciada e ameaçando pular.
O motociclista pensa por alguns segundos e finalmente diz:
– Bom, antes de saltar por que não me dá um beijo?
Ela acena com a cabeça, bota de lado os cabelos compridos encaracolados e dá um beijo longo e apaixonado na boca do motociclista parrudão.
Depois desta intensa experiência, a gangue de motoqueiros aplaude, o líder recupera o fôlego, alisa a barba e admite:
– Este foi o melhor beijo que me deram na vida. É um talento que se perderá caso você se suicide. Por que quer morrer?
– Meus pais não gostam que eu me vista de mulher!!!

Compartilhe essa bagaça:
  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Tumblr
  • MySpace
  • Google Bookmarks
  • Print

Eu não disse?

julho 21, 2011 em Piadas Infames

Quando fiz aquele post sobre o Dia do Homem, eu comentei a história do urologista, que deve ser um sádico pior que dentista. Pois olha só o que a nobre colega de blog Patty me manda por email:
– Dr. meus testículos estão escuros….
O médico examina o local várias vezes e logo lhe dá o diagnóstico: 
– Olhe, tenho que cortar urgentemente o testículo, pois ele está com um princípio de gangrena. Se eu não fizer nada, você pode até morrer!!!!  
No mesmo dia o homem é operado. Depois de uns 15 dias, o sujeito volta ao médico:   
– Doutor, doutor!! Esta manhã, notei que o outro testículo também está azulado! 
Preocupado, o médico começa a examinar o paciente e lhe dá o mesmo diagnóstico. 
No dia seguinte, na sala de cirurgia, o segundo testículo é amputado. 
Duas semanas depois, à beira de um ataque de nervos, o paciente regressa ao consultório: 
– Doutor, doutor! Veja isto, agora é o meu pênis que está azulado. Não me diga que terei que cortá-lo também!! 
O doutor faz uma curta revisão, confirma o triste diagnóstico e submete o coitado a uma complicada cirurgia, na qual lhe amputa o pênis e em seu lugar coloca uma mangueirinha plástica transparente. 
Três semanas depois o homem regressa, abre a porta do consultório e grita: 
– Doutor, que merda está acontecendo??? O senhor sabe o que está azul agora? A mangueirinha de plástico!!! Será que tenho um grave problema sangüíneo? Que porra é essa?
O médico, após tentar acalmá-lo, faz um exame completo e aprofundado. 
Horas depois, com o resultado dos testes na mão e uma cara de alívio, anuncia: 
– Fique tranqüilo, meu amigo, pois trago boas notícias. Você terá vida longa! Desta vez fiz exames minuciosos e não tenho mais dúvidas: 
O JEANS QUE VOCE USA DESBOTA!
______________
Mas precisava cortar o pinto?
Compartilhe essa bagaça:
  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Tumblr
  • MySpace
  • Google Bookmarks
  • Print

Santo remédio

julho 12, 2011 em Piadas Infames

É mais seguro ficar acordado

Chega a uma cidadezinha do interior, já cansado do seu dia de trabalho, um vendedor (um negão forte, parecendo um guarda-roupa), que estava louco prá descansar, e vai para o único hotel da cidade, mas que, infelizmente não tem mais vaga.

O sujeito entra e pede:

– Por favor, dê um jeito, eu preciso dormir, nem que seja uma cama apenas.

O recepcionista responde:

– Olha, tenho um quarto com duas camas, onde está hospedado um sujeito que me disse que gostaria de rachar a despesa com alguém. Mas tenho que avisá-lo, o sujeito ronca até não mais poder. Tanto que os demais hóspedes telefonam se queixando de que não conseguem dormir.

– Sem problema, fico com o quarto, tou morrendo de sono!

O recepcionista apresenta os hóspedes um ao outro e diz que o jantar está servido, para quem quiser. No dia seguinte, o vendedor desce ao restaurante para tomar café e, contrariando as expectativas, estava bem disposto, sem nenhum indício de noite mal-dormida.

O recepcionista pergunta:

– O senhor conseguiu dormir?

– Sem problemas!

– Mas os roncos não o atrapalharam?

– Nada! Ele não roncou nem por um minuto.

– Como assim?

– Bom, foi simples. O sujeito já estava dormindo quando entrei no quarto. Então me aproximei da cama e beijei a bunda dele, dizendo:

-Boa noite, coisinha linda… e o sujeito passou a noite toda sentado na cama me olhando assustado, com medo de pegar no sono.

__________

Mais uma do Cesar Miguel Canavezzi, via facebook. 

Compartilhe essa bagaça:
  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Tumblr
  • MySpace
  • Google Bookmarks
  • Print

Pereba não resistiu… #2

abril 27, 2011 em Piadas Infames

A piada é infame por demais da conta, mas ainda dá pra fazer uma graça.

Atenção criançada, pronunciem direito.

A professora chega atrasada à aula. Esbaforida, coloca o material na mesa e se vira para o quadro negro para começar a escrever. Só que, nessa virada, ela torce o pé e cai. A molecada se segura para não cair na gargalhada. Ela se levanta rapidamente, e envergonhada, pergunta:

– Voces viram a minha ligeireza?

E como sempre, um espírito de porco responde:

– Vimos sim, professora!

Ela sorri aliviada, enquanto o aluno continua:

– Só que a gente conhece ela por outro nome!

Compartilhe essa bagaça:
  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Tumblr
  • MySpace
  • Google Bookmarks
  • Print

30 anos depois…

março 17, 2011 em Piadas Infames

Oi pessoal! Meu aniversário está chegando e em breve passarei de 1/4 de século de vida. Como se já não bastasse as neuras que permeiam a mente feminina com relação a idade e, como já era de se esperar, eu estar novamente com o meu emocional fragilizado devido a TPM, recebi um e-mail hoje que me fez temer reencontrar algum ex-colega de escola e me sentir mais  fim de feira do que já me sinto.

Li o e-mail e já me imaginei protagonizando alguma situação semelhante. Vejam se não é de ficar “emputecida” com um negócio desses!

O que é bonito é para se mostrar! Ou não...

30 ANOS DEPOIS

Já aconteceu de você, ao olhar pessoas da sua idade, pensar: não posso estar assim tão velho(a)? Veja o que conta uma amiga:
– Estava sentada na sala de espera para a minha primeira consulta com um novo dentista, quando observei que o seu diploma estava dependurado na parede. Estava escrito o seu nome e, de repente, recordei de um moreno alto, que tinha esse mesmo nome. Era da minha classe do colegial, uns 30 anos atrás, e eu me perguntava: poderia ser o mesmo rapaz por quem eu tinha me apaixonado na época?
Quando entrei na sala de atendimento, imediatamente afastei esse pensamento do meu espírito. Esse homem grisalho, quase calvo, gordo, com um rosto marcado, profundamente enrugado, era demasiadamente velho pra ter sido o meu amor secreto. Depois que ele examinou meus dentes, perguntei-lhe se ele estudou no Colégio Sacré Coeur.
– Sim – respondeu-me.
– Quando se formou? – perguntei.
– 1965. Por que esta pergunta?
– É que… bem… você era da minha classe, eu exclamei.
E então esse velho horrível, cretino, careca, barrigudo, flácido, filho de uma puta e lazarento, me perguntou:
– A senhora era professora de quê?

– FILO DA PUUUURRRGAAAAA!!!!

Compartilhe essa bagaça:
  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Tumblr
  • MySpace
  • Google Bookmarks
  • Print

Paternidade presumida

fevereiro 16, 2011 em Piadas Infames

Entreouvido há minutos, no restaurante onde Pereba almoça:

Pelo menos agora a mulher casa.

– Porra, cara, tô fudido. Minha namorada tá grávida. De dois meses.
– Mas você já descobriu quem comeu?

Compartilhe essa bagaça:
  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Tumblr
  • MySpace
  • Google Bookmarks
  • Print

O amor, que coisa sublime

fevereiro 10, 2011 em Piadas Infames

O amigo Jetro Ramon nos manda essa pérola:

Uma mulher apaixonada envia uma mensagem de texto, com muito amor, para o celular de seu amado, dizendo:

Meu amor,
Se você está dormindo, me envie teus sonhos!
Se você está rindo, me envie teu sorriso!
Se você está chorando, me envie tuas lágrimas!
Eu te amo!

E o homem responde:

Meu amor,
Eu estou cagando…
Quer que te envie alguma coisa?

Seu idiota nojento!

 

Compartilhe essa bagaça:
  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Tumblr
  • MySpace
  • Google Bookmarks
  • Print

Certidão de nascimento

fevereiro 2, 2011 em Piadas Infames

O velho tá a fim de me sacanear

Um cidadão (não digo mais a nacionalidade para não criar polêmica, cizânia ou inimizades), um belo dia adentra (termo bonito) o Cartório de Registro Civil:
– Bons dias! Gostaria de registraire o meu filho, que acabou de nasceire!
E o escrivão, todo solícito:
– Pois não, vamos já cuidar disso. Qual vai ser o nome da criança?
Arquibancada do Vasco!
– Impossível, meu senhor, com esse nome eu não posso registrar!
– Ora, mas por quê? O filho é meu, ó pá, nem o nome eu posso escolher?
– Não é isso meu senhor. É que Arquibancada não é nome de pessoa. É nome de assento em estádio de futebol. Não pode. Se fosse Manoel, Joaquim ou outro nome parecido seria fácil, mas esse é impossível. Não tem como registrar.
– Mas, ó pá, meu vizinho colocou um nome parecido no filho e ninguém falou nada!
– E qual foi o nome que ele colocou?
Geraldo Santos.

Compartilhe essa bagaça:
  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Tumblr
  • MySpace
  • Google Bookmarks
  • Print