Dia das Mães

maio 7, 2011 em Na Geral

Ô dia abençoado! Dia das Mães. Dia dedicado aquela mulher que te fez nascer, que te amamentou, que enjoou de lavar fraldas e limpar a sua bunda, que te criou e educou, que te puxou tanto a orelha que hoje você tem a cabeça fora do lugar. Que te deu uma surra quando te pegou dando banho no cachorro no panelão dela fazer sopa. Aquela mulher que até hoje te cobra tudo, te enche o saco, controla sua vida, não te da sossego, mas mesmo assim, é a única pessoa com quem você pode contar nas horas em que a coisa fica difícil.

—-
Então aí vai uma piadinha:

A professora de um curso primário qualquer disse aos a os alunos que escrevessem uma redação que terminasse com a frase: Mãe só tem uma. No dia seguinte foi a leitura.

A Mariazinha é a primeira:

– Eu estava doentinha, espirrando, tossindo, com febre, não conseguia comer nada, não podia brincar, nem vir à escola. Aí, de noite, a mamãe esfregou Vick Vaporub no meu peitinho, me deu um leitinho quente com um comprimidinho, me cobriu, eu dormi e, no dia seguinte acordei boazinha. É por isso que eu digo: mãe só tem uma.

Aí foi a vez do Marquinhos:

– Eu tinha prova de matemática no dia seguinte, não sabia nada de nada, não conseguia decorar nada, comecei a chorar, achando que ia tirar zero. Aí a mamãe sentou do meu lado, pegou o livro, me explicou tudo direitinho, tomou a minha lição e eu fui dormir sossegado. Quando acordei senti que sabia tudo. Fiz a prova e tirei 10. E é por isso que eu digo: mãe só tem uma.

Aí foi a vez dele, o espírito de porco, conhecido por Joãozinho:

– No almoço de domingo, todo mundo já sentado na mesa, uma algazarra doida, minha mãe fala: vai lá na cozinha e pega duas Coca-Colas que estão na geladeira. Fui até lá, abri a geladeira, olhei e gritei de volta: mãe, só tem uma!

Porque duas ia ser difícil de aguentar.

PARABÉNS MAMÃES!

Compartilhe essa bagaça:
  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Tumblr
  • MySpace
  • Google Bookmarks
  • Print