Sete de Setembro, que data tão feliz!

setembro 7, 2010 em Na Geral

Nesse dia, no ano da graça de Nosso Senhor Jesus Cristo de 1822, D. Pedro I vinha de Santos para São Paulo, todo lampeiro, montado em sua mula, quando precisou ir até uma moita, para, como se diz em linguagem culta e erudita, “soltar um barroso”. Como não tinha papel higiênico na hora, o homem ficou puto da vida e resolveu proclamar a separação do Brasil de Portugal, ou seja, a Independência do Brasil. Se ele soubesse que o Brasil ia virar isso que temos hoje, tenho certeza que ele pensaria duas vezes antes de fazer essa outra cagada.

E Viva o Brasil!
Compartilhe essa bagaça:
  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Tumblr
  • MySpace
  • Google Bookmarks
  • Print