Coluna sentimental

junho 24, 2010 em Piadas Infames

Olá, irmãos! Devido ao sucesso do Lamento On-Line o ao grande volume de correspondências quase 1 milhão de cartas por dia que estamos recebendo, resolvemos ceder este singelo espaço para quem quiser abrir seu coração aflito e compartilhar suas dúvidas e dramas. Se você está numa situação de dificuldades “Fala que o Caqui te escuta“, garantimos bons comentários, mas nem sempre bons conselhos e dinheiro. Vamos ajudar o irmão de hoje:

“Estou com um problema e preciso da sua ajuda: Sou um rapaz no auge da vida, no momento sem trabalho e, infelizmente, soropositivo. Tenho 3 irmãos, um é gay e corinthiano, o outro foi condenado a 22 anos de prisão por homicídio qualificado e uma irmã prostituta. Minha mãe morreu de overdose quando eu tinha 3 anos. Meu pai nos abandonou após a morte da minha mãe e vende drogas num bairro degradado da zona leste de São Paulo. Recentemente conheci uma garota que acabou de sair da Fundação CASA (antiga FEBEM) por ter tentado afogar o seu filho recém-nascido. Amo essa garota e quero construir uma relação estável com ela. Para que possamos ser felizes só concebo uma relação transparente e de amor verdadeiro.

A minha dúvida é: Devo falar a ela que meu irmão é corinthiano?”

Oeeee! Mas ele diz ou não diz, Lombardi?

__

Euzimar de Freitas (Cidade Tiradentes – SP)

Carta autêntica enviada em 02/01/2010 para a coluna sentimental da revista “Contigo”.

Compartilhe essa bagaça:
  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Tumblr
  • MySpace
  • Google Bookmarks
  • Print