Eu Odeio… #2 – Cartões de Crédito

novembro 4, 2013 em Diário do Roger, Na Geral

Ah, essa peça plástica com certeza feita por chineses que todos odeiam e ao mesmo tempo amam: o cartão de crédito. O cartão de crédito é tipo o Galvão Bueno, saca? Às vezes você até gosta, mas na maior parte do tempo você odeia. Quem é que gosta de receber a fatura do cartão? Só gosto quando vem em branco, o que já aconteceu… nenhuma vez! E quando você não consegue pagar a fatura e aquela bagaça vai acumulando e quando a fatura chega ela te assusta mais que a cara da sua sogra virada do avesso? É tenso!

Mas o pior de tudo, na minha opinião, é quando a operadora infernal resolve cobrar a famigerável anuidade. Não basta você estar fodido para pagar a fatura do mês, com aquela serie de coisas que foram compradas compulsivamente, pagar multa, IOF, etc, e a operadora do cartão quer te cobrar uma anuidade! Isso não é justo! E aí você liga para o banco pra poder “negociar” este valor.

Simpático atendente se expressando após colocar o telefone no

Simpático atendente se expressando após colocar o telefone no “mute”.

A conversa, geralmente, é assim:

– Banco do Logotipo Azul e Amarelo, Junilda, boa noite.
– Oi, boa noite, Junilda. Aqui quem está falando é o Rogério, tudo bem?
Sem ao menos te responder ela continua:
– Qual o número do CPF do titular, senhor?
Mesmo eu já tendo digitado esse número, respondo numa boa:
-123.456.789-00
– Vamos confirmar mais alguns dados?
“Não”, penso eu, mas não digo nada
– Por favor, fale o nome de um estabelecimento comercial que o senhor tenha efetuado compras com este cartão nos últimos 30 dias.
– Lojas Xing Ling.
– Não consta compra, senhor.
– Padaria do Zé Colmeia.
– Não consta, senhor.
– Desculpe não lembro de nenhuma loja. Na verdade, acho que não usei este cartão este mês.
Silêncio no telefone.
– Ok, senhor. Parece que não há compras neste cartão este mês. Como posso ajudá-lo?
– Gostaria de negociar o valor de anuidade pois não estou satisfeito. Podemos trabalhar com a possibilidade de isenção desta tarifa?
– Um minuto senhor.
3 minutos depois:
– Senhor, gostaria de informa-lo que o seu cartão possui muitas vantagens como possibilidade de parcelamento de fatura, compras com vencimento de até 40 dias e o senhor ainda pode trocar os pontos do cartão por prêmios. Vantagens que o senhor só possui conosco pois o senhor é um cliente especial.

Caraca! Mas tudo isso qualquer merda de cartão oferece. E eu sou especial? Tá de “brincation with me”, nega? Não precisa mentir, poxa. Podia falar que o seu coordenador tá na cola e que não vai dar porra nenhum de desconto ou não conseguirá bater a meta do mês. Eu iria entender. Igual o cara que chegou no semáforo pra mim e disse “amigo, eu queria pedir um trocado, mas não é pra comprar comida não, é pra tomar cachaça”. Poxa, claro que dei um trocado pra ele. Quase fui no bar tomar uma também, mas isso é uma outra história. Continuando…

– Mas você consegue isenção da anuidade?
– Como eu disse, senhor, o cartão oferece muitas vantagens… blá, blá, blá e é IMPOSSÍVEL isenta-lo dessa tarifa.
– Ah, entendi, impossível, entendo. Bom, não vou travar uma batalha contra o impossível, né? Veja o que você pode fazer pra me ajudar, por favor.

Aí a nega faz de conta que tá digitando quando na verdade está comendo um sanduba de atum e, com aquela super boa vontade (só que não), te dá um desconto de bosta e você fica feliz.

Mas eu iniciei um novo trabalho esse ano e agora a conversa é assim:

– Banco que o Luciano Huck faz Propaganda, Gumercinda, boa noite.
– Oi, boa noite, Gumercinda. Aqui quem está falando é o Rogério, sou o titular da conta, meu CPF, embora eu já tenha digitado e sei que você irá pedir, é o 123.456.789-00. O motivo do meu contato é que estou insatisfeito com o valor da anuidade e não gostaria de pagar por ela, mesmo você dizendo que tenho muitas vantagens em ter esse cartão, ainda insisto que não quero pagar valor de anuidade. Não quero desconto e sim isenção. Se você conseguir a isenção, parabéns! Caso contrário, por favor, pode cancelar este cartão por favor. Espero ter sido claro e, sim, eu aguardo um minuto.
– Er… um minuto senhor.
Minutos depois…
– Senhor Rogério, consegui aqui com a supervisão a isenção da anuidade. Gostaria de anotar o protocolo desse atendimento?

Sacaram a diferença? Acreditem, o lance funciona! Mas tenham em mente que o tiro pode sair pela culatra. Imagina se você fala isso e o atendente responde “ok, senhor, estamos cancelando o seu cartão”.

Aí azeda o molho, né não?

Compartilhe essa bagaça:
  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Tumblr
  • MySpace
  • Google Bookmarks
  • Print

Game: Cone Crazy

julho 1, 2013 em Joguets de Internets

Segunda-feira, dia oficial da vadiagem no trabalho. Mas, é sabido que nem sempre você pode ganhar perder várias horas vários minutos jogando durante o seu expediente de trabalho, afinal você ainda tem que trabalhar assistir vídeos no Youtube, cuidar da sua mini fazenda no Facebook, acessar o Fuxico e etc. Por isso vamos deixar esse “joguets” que é tão rápido que enquanto você lê isso seu colega aí do lado já jogou umas 5 vezes. Clique em “Start Game” e aproveite!


Em tempo: estudos indicam que as mulheres são campeãs nesse jogo, já que o objetivo é derrubar o maior número de cones possível. 🙂

Compartilhe essa bagaça:
  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Tumblr
  • MySpace
  • Google Bookmarks
  • Print

Caqui Musical #1 – Anitta e… Dilma?!

junho 26, 2013 em Vídeos Youtúbicos

Prepara que agora é hora do show das poderosas de você conhecer a nova série do Caqui (sim, mais uma). É o Caqui Musical au au au, pega no meu dedo. Aqui vou colocar músicas (óbvio), que estão fazendo parte do meu dia à dia, sejam elas boas ou ruins. Vamos começar com uma boa pois essa Anitta é boa pra carai ruinzinha, mas engraçada. Conheça o Show das Poderosas na versão da presidente presidenta Dilma Rousseff! Oremos!

Abaixo a versão original. A música não é boa mas a cantora é melhor que lasanha. 😀

Compartilhe essa bagaça:
  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Tumblr
  • MySpace
  • Google Bookmarks
  • Print

Game: Bloons

junho 26, 2013 em Joguets de Internets

Alô você que ficou esperando o nosso joguinho na segunda-feira, só pra vadiar no trabalho logo no primeiro dia da semana: a gente se preocupa com a gente mesmo com você portanto colocamos um joguinho hoje, só pra você poder relaxar no trabalho, até a hora do jogo do Brasil. É só clicar em “Play Game” e se divertir a valer com esse joguinho do barulho, segundo o narrador da Sessão da Tarde.


Esse jogo pode ser mais emocionante que Brasil x Uruguai…

Compartilhe essa bagaça:
  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Tumblr
  • MySpace
  • Google Bookmarks
  • Print

Melhor foto da Copa das Confederações

junho 16, 2013 em Imagem do Dia

Em cada jogo da Copa das Confederações me lembro dessa foto:

Cala a Boca, Galvão!

Compartilhe essa bagaça:
  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Tumblr
  • MySpace
  • Google Bookmarks
  • Print

Enquanto isso, na enquete do Globo Esporte…

junho 15, 2013 em Na Geral

O Cid, do blog Não Salvo, começou essa linda e maravilhosa campanha e estamos com ele: Taiti, Campeão da Copa das Confederações! Acesse o site do Globo Esporte e vote no Taiti como o seu favorito pra vencer essa Copa (mas é um voto de mentirinha; a gente só quer sacanear com a enquete da Rede Globo). Como você pode ver, estamos na frente!

Vote você também... no Taiti, claro!

Vote você também… no Taiti, claro!


Será que o resultado aparece na “Central da Copa”, na Globo? 😉
Com @naosalvo.

Compartilhe essa bagaça:
  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Tumblr
  • MySpace
  • Google Bookmarks
  • Print

Eu Odeio… #1 – Dia dos Namorados

junho 15, 2013 em Tirinhas

Ah, o Dia dos Namorados. Que data tão feliz… só que não!!! É uma data excelente pra você, que é um fodido, se foder mais uma vez! O que é o Dia dos Namorados? É uma data que o comércio criou pra você, cidadão de bem, acabar se fodendo em mais um dia do ano. Na verdade quem gosta de Dia dos Namorados é a Cacau Show. Ela e as outras lojas que vendem chocolates. Mas somente os proprietários dessas lojas é que gostam dessa data. Ou você acha que todo mundo adora trabalhar até mais tarde nessas lojas?

Dia dos Namorados é assim!

Tirinha ilustrativamente verdadeira

Eu Odeio o Dia dos Namorados. Sim! Odeio apenas por uma questão de princípios mas tem gente que odeia pelo simples motivo de não ter ganho um presente. Ou porque o namorado deu um presente simples e ela comprou um presente caro. Ou vice-versa. Por fim, a verdade é que o Dia dos Namorados acaba por afetar negativamente os relacionamentos. Estatísticas que eu acabei de inventar apontam isso.

Hahaha

Leitora do Caqui fazendo pergunta tosca…

Além disso o Dia dos Namorados é mais uma data que você tem que se lembrar. Já não basta ser cobrado de lembrar do dia do primeiro beijo, o dia da primeira vez, o dia do aniversário, dia da sogra, e, oh wait! Acho que esqueci de comprar o presente de uma dessas datas. O segredo é: tenha sempre uma caixa de chocolates comprada e guardada em algum lugar. Se você for cobrado por qualquer uma dessas datas… tcharãm, você entrega a caixa de chocolates e sua vida estará salva. #ficaadica 😉

Em tempo: tirinhas roubadas descaradamente do Dr. Pepper.

Compartilhe essa bagaça:
  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Tumblr
  • MySpace
  • Google Bookmarks
  • Print

William Bonner dá “vazari” em funcionário

junho 14, 2013 em Vídeos Youtúbicos

Nosso querido Bonner deu um “empurrãozinho” de leve em um funcionário ao vivo, durante o Jornal Nacional de hoje. O cara só queria arrumar o microfone de lapela do queridíssimo, só que não Galvão Bueno. Nada demais, mas foi engraçado.


O funcionário passa bem e nós também.
Voltamos com a nossa programação normal.

Compartilhe essa bagaça:
  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Tumblr
  • MySpace
  • Google Bookmarks
  • Print

Game: Quebra-Cuca (Lógica)

junho 10, 2013 em Joguets de Internets

Ueba! Segunda-feira, dia oficial da vadiagem no trabalho assim como todos os outros dias da semana. Então, mais rápido que flanelinha de praça (aquele que pede pra olhar o seu carro), comece esse joguinho. Se você for pego pelo chefe, desafie-o. O jogo é pra todas as idades e níveis hierárquicos! 🙂


Esse já jogo já foi publicado aqui antes mas é tão bom que resolvi republicar. Em tempo: já fechei esse jogo. E você?

Compartilhe essa bagaça:
  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Tumblr
  • MySpace
  • Google Bookmarks
  • Print

Músicas Sem Sentido #1

junho 2, 2013 em Vídeos Youtúbicos

Imagem engraçadamente sem sentido e fora do contexto

Imagem engraçadamente sem sentido

Olá iniciantes da arte Jeday. Este blog, sempre preocupado em lhe trazer o melhor da cultura inútil, inicia agora uma nova série:”Músicas Sem Sentido”. Será um marco negativo na história da humanidade. Você já deve ter se deparado com alguma letra de música absolutamente desconexa (cara essa palavra é muito legal, né não?). Eu já vi algo do tipo, pelo menos umas 742 vezes, aliás ouvi, já que estamos falando sobre músicas, certo?

Então, desconexamente, vamos iniciar essa bagaça de série com uma música maravilhosa da banda Pollo. Aliás, que sotaque maneiro de Sorocaba que o vocalista tem, não?

“Vou caçar mais de um milhão de vagalumes por aí, pra te ver sorrir…” – Vagalumes, Pollo

Amigo, quantas gerações da sua família irá caçar vagalume? Estamos falando de 1.000.000! O que alguém vai fazer com 1.000.000 de vagalumes? 1.000.000 de vagalumes é tipo 1.000.000 em barras de ouro que valem mais do que dinheiro. E ambos são raríssimos de serem encontrados. Vou te dar “a” dica: se você quer fazer uma garota sorrir, conte uma piada. Vai por mim. Mulher gosta de homem engraçado… 🙂

———————————————–

Vamos para mais uma canção? Agora é a vez da gostosíssima Paula Fernandes que quer mudar as leis da física, é mole? É mole, mas com ela sobe rapidinho, sacou o “trocadalho”? Há há há!

“Eu quero ser pra você, a lua iluminando o sol…” – Pra Você, Paula Fernandes

Paulinha, Paulinha… cada vez que a sua música toca, um famoso e importante físico se remexe em seu túmulo. A lua não tem luz própria e até eu, que sou um gênio blogueiro, sei disso. Então acho melhor encerrar por aqui antes que sejamos assombrados pela alma do Einstein. Até a próxima!

Compartilhe essa bagaça:
  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Tumblr
  • MySpace
  • Google Bookmarks
  • Print